Pedro Vaz  |  Novembro - Dezembro 2018

1/6

Bio

Maputo, 1977

Licenciatura em Pintura – Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (2006).

Vive e trabalha em Lisboa.

O seu trabalho centra-se numa pesquisa em torno da natureza e paisagem, maioritariamente em suporte de pintura e instalação vídeo. O contacto pessoal com o lugar é essencial na sua prática e os seus projectos incluem muito frequentemente uma expedição.

Exposições individuais recentes: Cabana, Sesc Itaquera, São Paulo, Terra Firme, Colégio das Artes, Coimbra (2018), Azimute, Galeria 111, Lisboa (2018); Superstition Wilderness, Camões – Centro Cultural Português no Luxemburgo (2018); Peralta to Boulder Canyon, Phoenix Institute of Contemporary Art, Phoenix, EUA (2017); Trilha do Facão, Kubikgallery, Porto (2017).

Exposições colectivas recentes: Second Nature, The Kreeger Museum, Washington D.C., US (2018); depois do choque, os trópicos, Galeria Luísa Strina, São Paulo (2018); Il tesoro è sempre più grande di quello che hai stretto tra le mani, Museo del Paesaggio Torre di Mosto, Itália (2017).

© 2019 Pico do Refugio